sábado, 18 de março de 2017

TEMPORAL DEIXA RASTRO DE DESTRUIÇÃO EM LAVRAS

Nas imagens de José Maria Pereira, a situação que ficou um trecho da Raimunda Marques, que corta o bairro Jardim Glória

Um temporal de aproximadamente 30 minutos deixou um rastro de destruição em várias regiões de Lavras, no Sul de Minas. no início da noite de hoje, sábado, 18. Os moradores da Zona Norte da cidade reviveram o fantasma de 2012, com o transbordamento do ribeirão na rua dos Expedicionários. 

Em diversos pontos da cidade os muitos alagamentos ocorrem em virtude da ausência ou falta de manutenção de bueiros e redes de águas pluviais por parte da prefeitura da cidade, problemas já conhecidos dos moradores.

Próximo ao Centro da cidade, no bairro Kennedy, a Praça de Alimentação do Lavras Shopping ficou totalmente alagada. Água se misturou com a lama deixando o local irreconhecível. 

Já no campus da Universidade Federal de Lavras (UFLA), houve pontos de alagamento na Avenida Central. A entrada do Alojamento Estudantil da universidade, o Brejão, ficou totalmente alagada. No vídeo de Válter Todorov Júnior, a rua e a área de lazer que ficam dentro do alojamento pareciam um rio com correnteza.

video

Na BR-265, há registro da queda de eucaliptos na região da Ponte da Bebela, no trecho já próximo ao entrocamento com a Rodovia Fernão Dias (BR-381). No trecho da mesma rodovia, próximo a entrada da cidade, também houve a queda de árvores.

As avenidas Sylvio Menicucci (Perimetral) e Juscelino Kubtischek também foram registraram pontos de total alagamento. Já entre os bairros Vila Rica e Vale do Sol o ribeirão que corta a região transbordou e alagou diversas ruas. Casas e comércios foram inundadas. No bairro Serra Verde, uma rua ficou completamente alagada. 

edição e texto Sebastião Filho
colaboração de imagens Válter Todorov Júnior e Eduardo Pereira

Nenhum comentário: